domingo, 30 de março de 2014

008-15 Mashup


Definições:



  1. Mashup é uma canção ou composição criada a partir da mistura de duas ou mais canções pré-existentes, normalmente pela transposição do vocal de uma canção em cima do instrumental de outra, de forma a se combinarem. Na medida em que os mashups são "transformações" de conteúdos originais, eles podem encontrar proteção de reivindicações de direitos autorais no âmbito do "fair use", doutrina da lei de direitos autorais.
  2. Mashup é um processo de criação artístico a partir de outras obras já existentes por meio da mistura, combinação, modificação, edição e recombinação de trechos de duas ou mais dessas obras. Na música por exemplo, o mashup é um tipo de canção em que ela é inteiramente composta como o resultado da mixagem de duas ou mais canções já existentes, geralmente de diferentes gêneros. No vídeo, os mashup são o resultado da edição de várias fontes de imagem de forma a configurar uma nova obra. Os mashups musicais são conhecidos também como "bootlegs", principalmente na Europa, ou "blend". Basicamente, eles são o resultado da sobreposição do vocal de uma canção sobre a parte instrumental de outra(s) de forma a ser transformativo. No começo, esse tipo de obra musical foi classificada como "pop bastardo". Há muita polêmica sobre a questão dos direitos autorais nesse tipo de criação. O termo mashup aplica-se também na Internet para os websites que usam conteúdos de outros sites para oferecer um novo serviço.



Música foi grande laboratório de tudo


A música parece ser o boi-de-piranha favorito da internet. Sempre que surge alguma novidade na rede, é sempre bom procurar uma contrapartida musical - é quase uma regra que algo foi testado antes usando música como principal elemento.

Foi assim com a digitalização de arquivos (o MP3) e seu compartilhamento via P2P (o Napster) e com a nova geração de aparelhos portáteis (consagrada com o iPod). E assim também ocorreu com os mashups, que, antes de virarem aplicativos na rede, eram canções que juntavam elementos de músicas pré-existentes, sem esconder ou maquiar suas origens.

Colagens entre obras de artistas diferentes ocorrem desde que o mercado de discos passou a dar seus passos com mais firmeza (as experiências do francês Pierre Schaeffer,



 que colocava quatro vitrolas tocando simultaneamente, datam dos anos 50). O sample, criado nos anos 80, deflagrou uma renascença de colagens sonoras e deu origem ao conceito moderno do remix, mas logo os advogados dos direitos autorais vieram cortar as asas dos novos artistas - e os DJs passaram a esconder as músicas que sampleavam, usando técnicas de gravação.



 e o produtor inglês Freelance Hellraiser inauguraram a época do mashup moderno.



 Os primeiros lançaram um disco que tinha quase 50 pedaços de músicas conhecidas que se cruzavam entre si, enquanto o segundo criou a música que deu origem ao gênero. Ao fundir o vocal de Christina Aguillera com o instrumental do grupo Strokes, criou a música "A Stroke of Genie-us", que originou um subgênero chamado "bastard pop" - base do gênero musical que hoje chamamos de "mashup".



Outros exemplos muito interessantes para vocês curtirem:






Fontes:
Lazer HSW
Wikipedia
Alexandre Mathias (Agência Estado)



Página Anterior          Próxima Página



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião e idéias aqui e se tiver alguma dúvida pode perguntar que em breve responderei. Obrigado.